Cristianismo 'morto'? Estudo sugere decadência das religiões na Europa

26 de março de 2018.

Jovens europeus estão se tornando cada vez menos religiosos. É o que concluiu um estudo intitulado 'Jovens Adultos e Religião na Europa', um trabalho do professor de teologia e sociologia da religião na Universidade de St Mary (Londres), Stephen Bullivant.

Na opinião do estudioso, a religião está "morrendo".

Segundo a pesquisa, publicada na semana passada, 91% dos jovens entre 16 e 29 anos da República Tcheca, o país menos religioso de acordo com o trabalho, não é considerado religioso.

Entre 70% e 80% dos jovens na Estônia, na Suécia e na Holanda também se definem como não religiosos. No lado oposto, a Polônia é o país mais religioso, onde apenas 17% dos jovens se definem como não religiosos, seguidos pela Lituânia, onde essa porcentagem sobe para 25%.

No Reino Unido, apenas 7% dos jovens se identificam como anglicanos e menos de 10% se consideram católicos. Os jovens muçulmanos chegam a 6% e estão prestes a superar os que se consideram membros da Igreja da Inglaterra.

"Com algumas exceções notáveis, os jovens adultos não mais se identificam ou praticam a religião", disse Bullivant, citado pelo jornal britânico The Guardian.

"O cristianismo como padrão, como regra, desapareceu e provavelmente esse sumiço é para sempre, ou pelo menos pelos próximos 100 anos", afirmou Bullivant. "Em 20 ou 30 anos, as igrejas convencionais serão menores, mas as poucas pessoas que permanecerão serão altamente comprometidas", previu ele.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/europa/2018032610831170-numero-religiosos-europa/

voltar para Últimas Notícias

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||