2017 foi percebido como o ano mais negativo na última década, diz estudo

12 de setembro de 2018.

 

O ano de 2017 foi percebido em todo o mundo como o mais negativo na última década, de acordo com um estudo do Instituto Gallup que ouviu mais de 154 mil pessoas de 146 países.

O relatório “Emoções Globais” rastreia anualmente, desde 2006, experiências de estresse, raiva, tristeza, dor física e preocupação. O índice de 2017 foi o recorde desde que a pesquisa começou a ser feita. Veja abaixo:

No ano passado, 38% dos entrevistados relataram terem passado por situação de preocupação e 37%, por estresse. Outros 31% reportaram dor física, 23% relataram tristeza e 20%, raiva.

Todos esses índices subiram em relação aos registrados em 2016, com exceção ao sentimento de raiva, que permaneceu no mesmo nível, de acordo com o Gallup.

Países mais negativos

O país cuja população teve o sentimento mais negativo foi a República Centro-Africana. Foi o índice mais negativo já registrado pelo Gallup na última década.

O país é um dos mais pobres do mundo e desde que o presidente Francois Bozize foi tirado do poder por uma coalizão de rebeldes, em 2013, é palco de conflitos entre grupos armados.

Até junho desse ano, a República Centro-Africana tinha mais de 600 mil pessoas que se deslocaram internamente e 573 mil que fugiram do país.

Nos quatro anos anteriores a 2017, o país que aparecia com o sentimento mais negativo era o Iraque.

Fonte: G1

voltar para Últimas Notícias

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||