Tudo sobre maior terremoto dos últimos 5 anos no Japão

"..., e terremotos, em vários lugares." Mateus 24:7

22 de novembro de 2016.

Um terremoto de magnitude 7,4 atingiu o Japão na manhã de ontem, 21 de novembro, causando alerta de tsunami.

Dados dos sismólogos antes e durante o terremoto
 
O epicentro do terremoto foi registrado no mar e, de acordo com o Centro Meteorológico do Japão, em várias regiões a magnitude foi superior a 5, inclusive na costa do Pacífico, na prefeitura de Fukushima. Em março de 2015 em Fukushima teve lugar um terremoto devastador, que deu origem à catástrofe na central nuclear local.
 
O epicentro do terremoto deste domingo foi registrado no mar na profundidade de 10 km. Inicialmente o Centro Meteorológico Japonês avaliou a magnitude em 7,3, mas mais tarde aumentou para 7,4.

Após o terremoto foram sentidas 30 réplicas com magnitude de 3,2 a 4,9.
 
As autoridades do Japão também alertam para a possível repetição do terremoto durante a próxima semana. Os novos abalos podem atingir 5 pontos e também podem provocar tsunamis.
 
Dados da mídia após o terremoto e as réplicas

Segundo informou o canal de TV local NHK, logo após o terremoto de domingo, as ondas do tsunami poderiam atingir 3 metros. Em uma série de prefeituras as pessoas foram alertadas para começar a evacuação para regiões mais longe do mar e para se refugiarem em edifícios altos.
 
O terremoto atingiu as áreas de prefeituras de Fukushima, Miyagi, Chiba e região de Tóquio. Como resultado, o aeroporto na cidade de Sendai foi fechado e 12 pessoas ficaram feridas, informou o NHK.
 
O ministro de Estado para a Gestão de Catástrofes, Jun Matsumoto, informou que ainda não foram registradas vítimas ou destruições sérias e que todos feridos já receberam a assistência médica necessária.

A agência Kyodo especificou que as usinas nucleares do país não sofreram danos, mas na usina de Fukushima-2 foi automaticamente parado o sistema de esfriamento em reservatórios para combustível irradiado.
 
Segundo a mídia local, a altura das ondas do tsunami atingiu 1,4 metros em média, na região de central de Fukushima as ondas foram de 1 metro.

Fonte: Sputnik

voltar para Terremotos

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||