Mais de 500 mortos por ebola na República Democrática do Congo

"...e pestes...” Mateus 24:7

09 de fevereiro de 2019.

 

Um surto de ebola matou 502 pessoas em seis meses no leste da República Democrática do Congo, disse nesta sexta-feira à noite o Ministério da Saúde.

"No total, houve 502 mortes e 271 personas se curaram", disse o ministério em seu boletim diário.

O ministério distingue 441 mortes de casos confirmados e 61 de casos prováveis.

A marca das 500 mortes foi ultrapassada na sexta-feira.

Esta é a segunda epidemia de ebola mais virulenta da história desde a que matou mais de 11.000 pessoas na África Ocidental (Guiné, Libéria, Serra Leoa) em 2014.

A cidade de Beni é a mais afetada (147 mortes).

Trata-se da décima epidemia em solo congolês desde que o vírus apareceu pela primeira vez, no antigo Zaire, em 1976.

A epidemia atual apresenta uma complexidade singular, já que é registrada em uma região afetada pela violência das milícias armadas, uma situação que complica a resposta.

Fonte: AFP

voltar para Pestes

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||