Em 50 dias foram abatidas mais de 30 milhões de aves na Coreia do Sul devido à gripe aviária

“...e pestes...” Mateus 24:7

03 de janeiro de 2017.

 

Mais de 30 milhões de galinhas e patos foram abatidos na Coreia do Sul em menos de 50 dias devido a uma estirpe altamente patogênica da gripe aviária que se espalhou rapidamente pelo país, informou a agência Yonhap.

Desde que foi reportado o primeiro caso no sudoeste do país, a 16 de Novembro, foram abatidas 30,33 milhões de aves, um número que representa quase 20% dos 165,2 milhões de aves criadas em todo o país.

Esta situação fez disparar o preço dos ovos cujo fornecimento está neste momento posto em causa. Em Seul, os ovos esgotaram nos supermercados e lojas especializadas em pastelaria e padaria poderão vir a ser afetadas pela falta desta matéria-prima.

O número de aves mortas anunciado pelo ministro da Agricultura, Alimentação e Assuntos Rurais é mais de o dobro verificado no surto de 2014, noticia o Bangkok Post.

Para minimizar os danos provocados pelo abate de galinhas e patos, o Governo sul coreano aprovou, esta terça-feira, uma resolução que permite remover temporariamente as taxas de importação em produtos de levem ovos, salienta o diário.

Esta medida vai possibilitar às empresas locais importar 98 mil toneladas de ovos e outros produtos onde o ovo seja o elemento principal sem taxas aduaneiras, entre quarta-feira e até 30 de Junho, informa a Yonhap.

Entretanto, o primeiro-ministro e presidente em exercício da Coreia do Sul, Hwang Kyo-ahn, afirmou esta terça-feira, que o surto de gripe aviária se encontra quase controlado.

Os primeiros casos de gripe das aves tinham sido reportados, em Outubro passado, no entanto, foi em Novembro que foi verificado o primeiro surto da epidemia numa quinta.

Fonte: Público

voltar para Pestes

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||