Ameaça de superbactéria causadora de fibrose cística aciona alarmes científicos

“...e pestes...” Mateus 24:7

12 de novembro de 2016.

 

De acordo com pesquisadores britânicos, uma infecção multirresistente capaz de causar doença fatal em certos grupos de pessoas se espalhou pelo mundo e está se tornando cada vez mais virulenta.

Um estudo publicado na revista Science trouxe um alerta: bactérias multirresistentes chamadas de Mycobacterium abscessus podem causar uma pneumonia grave e particularmente perigosa para pacientes com fibrose cística e outras doenças pulmonares.

Pesquisadores acompanhavam um grupo de 517 pacientes portadores de fibrose cística na Europa, Estados Unidos e Austrália quando fizeram a alarmante descoberta: a maioria deles tinha sido infectada com formas transmissíveis de M. abscessus, que se espalhou pelo mundo. Resistente a vários antibióticos, a bactéria foi considerada pelos acadêmicos como "extremamente difícil de erradicar".

Pacientes infectados precisam de 18 meses ou mais de tratamento com uma combinação de antibióticos potentes. Menos de um a cada três casos, porém, é curado.

"A princípio as pessoas foram contaminadas com esta infecção pelo meio ambiente, mas parece que (a bactéria) acaba de evoluir e já é capaz de saltar de paciente para paciente, tornando-se mais virulenta ao fazê-lo", disse Andres Floto, professor na Universidade de Cambridge envolvido no estudo.

A fibrose cística é uma doença genética relativamente rara que afeta os sistemas respiratório, digestivo e reprodutivo. Isso faz com que os pulmões de pacientes se obstruam com um muco pegajoso, grosso e os torna vulneráveis a infecções respiratórias.

Fonte: Sputnik

voltar para Pestes

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||