'Vá a igreja e corte cabeças', pediu terrorista de Rouen

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

28 de julho de 2016.

 

Um dos autores do atentado em Saint-Etienne-du-Rouvray, na região de Rouen, na França, Adel Kermiche, enviou uma mensagem na rede social "Telegram" orientando seus contatos a "pegar uma faca, ir a uma igreja e realizar um massacre".   

"Corte duas ou três cabeças e acabe logo com isso", acrescentou o terrorista, que estava sendo monitorado pelas autoridades locais após ter tentado entrar na Síria para se juntar aos jihadistas do Estado Islâmico (EI, ex-Isis). As informações foram divulgadas pelo jornal francês "L'Express".   

O jovem de 19 anos tinha como foto de perfil uma imagem do "califa" do Estado Islâmico Abu Bakr Al-Bagdadi e convidava seus contatos a imitá-lo.   

No chat ele ainda falou da vontade de criar uma célula terrorista, os detalhes de suas tentativas fracassadas de ir ao Oriente Médio, a descrição do seu plano de ataque contra a igreja e a tentativa de recrutamento de aliados.   

Durante semanas, Kermiche descreveu tudo em seus arquivos de áudio que, como escreve o "L'Express", parece um diário direcionado a seus cerca de 200 contatos no Telegram.   

Na manhã da última terça-feira, dia 26, dois homens que se diziam leais ao Estado Islâmico invadiram uma igreja em Saint-Etienne-du-Rouvray e degolaram o padre Jacques Hamel, de 84 anos, durante uma missa. Os agressores foram mortos pela Polícia. O atentado ocorreu há pouco mais de dez dias do massacre em Nice, quando um jihadista matou mais de 80 pessoas, deixando a França em choque. 

Fonte: ANSA.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||