Uzbequistão: Igreja subterrânea é invadida

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

18 de novembro de 2016.

Cristãos são acusados de armazenamento e distribuição de literatura proibida e realização de reuniões ilegais

As igrejas subterrâneas no Uzbequistão passam por momentos difíceis. Uma delas, durante uma de suas reuniões, foi invadida por um grupo de dez policiais mascarados e armados que revistaram a casa e depois levaram computadores e celulares. Os fieis foram presos e interrogados. No mesmo dia, eles foram conduzidos ao tribunal com as seguintes acusações: armazenamento e distribuição de literatura proibida e realização de reuniões ilegais.

O juiz responsável pelo caso não se preocupou em buscar mais informações e mandou prender seis cristãos; os demais foram apenas multados. Salim* que é líder cristão e sua esposa Karima* tiveram que pagar uma multa de 2 mil dólares cada um. Halim* e sua esposa Farida* receberam multas com o mesmo valor. Os demais que estão presos também receberam multas entre 1200 e 1400 dólares.

É possível que entre os dez acusados haja alguém que tenha dado alguma informação à polícia secreta sobre as reuniões. Os advogados de defesa estão lutando para reduzir o valor das multas e para inocentar os acusados. Lembrando que o país ocupa o 15º lugar na atual Classificação da Perseguição Religiosa e tem uma das ditaduras mais severas da Ásia Central.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Pedidos de oração

  • Salim e Karima que lideram a pequena igreja subterrânea estão muito chateados com o ocorrido e agora enfrentam grande pressão das autoridades policiais. Interceda por essa situação.
  • Ore pelos três filhos do casal que enfrentam a perseguição religiosa desde pequenos.
  • Peça ao Senhor para proteger e guiar todos esses cristãos que foram presos e multados, que eles sejam consolados e fortalecidos pelo Espírito Santo. Ore pela igreja no Uzbequistão.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||