Uzbequistão: Cristãos são cada vez mais pressionados

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

05 de maio de 2016.

 

O governo tem lutado para manter o controle total sobre a sociedade, então seus agentes estão chegando ao extremo com suas exigências

A rádio Free Europe informou que uma comissão do governo de Tashkent, capital e maior cidade do Uzbequistão, inspecionou um comércio que é dirigido por cristãos em Margilan, uma cidade do leste do país, e reclamou de suas condições aos proprietários, alegando que não havia instalações adequadas para as exigências sanitárias. Um dos analistas de perseguição da Portas Abertas comentou: "Isso não tem nada a ver com higiene, a questão é que o comércio é de ‘casas de banho’ e o governo acha que podem ser usados para o ‘taharat’ que são banhos de purificação dos judeus ou até mesmo para o ‘wudu’ que é o ritual de purificação que os muçulmanos fazem antes da reza, daí nesse último caso, o comércio não estaria de acordo com a especificações islâmicas", explicou.

Para o analista, o governo tem lutado para manter o controle total sobre a sociedade, então seus agentes estão chegando ao extremo com suas exigências. "Ao menor indício de irregularidade, lá estão eles controlando e fiscalizando tudo, nos mínimos detalhes. Só por aí dá para se ter a ideia do quanto a igreja no Uzbequistão é controlada e pressionada", observa o analista.

Uzbequistão é o 15º país na atual Classificação da Perseguição Religiosa, com uma das ditaduras mais severas da Ásia Central. Aqueles que se desviam de suas normas de conduta são atacados de várias formas. Para os cristãos, a situação é ainda pior, pois o cristianismo é considerado como um fator estranho e desestabilizador. Frequentemente, casas de fieis são invadidas, literatura cristã e outros materiais são confiscados e os cristãos são presos por causa de sua fé. Interceda pela igreja no Uzbequistão.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||