Uma criança morreu e sua mãe ficou ferida em ataque no Sudão

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de maio de 2015.

 

O governo sudanês tem sido, supostamente, o responsável por ataques e mortes de civis, especialmente cristãos em certas partes do país. No começo desta semana, tivemos conhecimento de mais vítimas desses ataques

Uma bomba da Força Aérea do Sudão, nesta segunda-feira (25), matou uma menina de três anos de idade e feriu sua mãe, que era cristã, em sua própria casa em Kauda.

"Neste momento, os aviões estão voando sobre a área, causando uma série de pânico entre a população", disse uma testemunha em Kauda. "Ficou calmo por alguns meses, mas o bombardeio aéreo voltou e está causando medo entre as pessoas."

Esses ataques têm sido organizados pelo governo sudanês desde abril de 2012. O total de morte de civis já subiu para 3.500. Desde a separação do Sudão do Sul em 2011, o governo sudanês tem pretende se livrar não só de rebeldes militarizados, mas também de cristãos que vivem no país islâmico, cada vez mais radicalizado.

Fonte: Portas Abertas.

 

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||