Tunísia ainda está em estado de emergência

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

20 de abril de 2016.

 

Toda a população tunisiana continua impedida de sair às ruas no período das 20h às 5h da manhã, o que também impossibilita que as igrejas realizem cultos noturnos

De acordo com informações do Associated Press e do Washington Post, recentemente a Tunísia estendeu seu período de estado de emergência que começou em novembro de 2015, logo após os ataques violentos do Estado Islâmico. A decisão do presidente em prorrogar essa condição dá às forças de segurança do país maior autoridade sobre os grupos extremistas, mas por outro lado, suspende determinados direitos civis. A Líbia também vem sofrendo com o mesmo tipo de ataque e, normalmente, o alvo do Estado Islâmico é o povo cristão.

"A prorrogação do estado de emergência tunisiano mostra a vulnerabilidade do país em relação aos ataques de grupos jihadistas ativos em diversas regiões, não só na Tunísia, mas também na Líbia, que é um país vizinho. Percebe-se que as ações do grupo em ambos os países são coordenadas e semelhantes. Os militantes islâmicos estão se espalhando rapidamente", comenta um dos analistas de perseguição.

Tunísia se posiciona em 32º na Classificação da Perseguição Religiosa atual, enquanto a Líbia está em 10º. Ambos países subiram de posição em relação ao ano passado. Em 2015, a Tunísia ocupava o 36º lugar e a Líbia o 13º. Isso aconteceu por conta dos últimos incidentes cada vez mais intensos por parte do Estado Islâmico, instabilidade política e falta de segurança. Toda a população tunisiana continua impedida de sair às ruas no período das 20h às 5h da manhã, o que também impossibilita que as igrejas realizem cultos noturnos. "O que tem aliviado essa tensão são os cultos domésticos, que além de fortalecer os cristãos, ajuda a manter a igreja de pé", conclui o analista. Ore por essa nação.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||