Trump assina ato em prol de vítima do Estado Islâmico

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

03 de janeiro de 2019.

O presidente americano Donald Trump assinou uma lei que ajudará a assegurar ajuda às vítimas do Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque, e a responsabilizar os militantes por atos criminosos. Ao assinar a lei, no começo de dezembro, Trump disse: “Em anos recentes, o EI cometeu atrocidades horríveis contra minorias étnicas e religiosas na Síria e no Iraque, inclusive cristãos”.

A nova lei foi chamada de “Ato de 2018 de alívio e prestação de contas sobre o genocídio no Iraque e Síria”. A partir dessa lei, os Estados Unidos se comprometeram a aumentar a assistência financeira às comunidades que foram vítimas de crimes cometidos pelo EI.

O presidente americano também disse que a nova lei permite ao Departamento de Estado e outras agências do governo conduzir investigações e processar os atos do EI. A Comissão de Liberdade Religiosa Internacional da ONU (USCIRF) manifestou apoio à assinatura da lei. “Com essa lei, reconhecemos a mensagem de que os responsáveis por esses crimes não escaparão da justiça”, disse a vice-presidente da USCIRF, Kristina Arriaga.

Dê um presente de esperança
Sabemos que nossa esperança não está em homens ou em governos, mas no poder de Deus. Poder este que se manifesta através do corpo de Cristo na terra. Como parte desse corpo, você pode levar esperança à Síria ao orar por eles e também ao fazer uma doação. Com uma doação, você abençoa o futuro desta nação ao presentear duas crianças sírias com uma Bíblia infantil cada.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||