Testemunho de cristão perseguido que passou pela prisão

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

23 de fevereiro de 2018.

Mojtaba Hosseini, 30, era um dos líderes de um movimento de igrejas domésticas que crescia muito no Irã. Depois de ficar sob um regime parecido com prisão domiciliar em 2009, ele foi preso em 2012. Após três anos na prisão, foi libertado em 2015. Em uma visita a ele em um lugar seguro fora do Irã, o cristão perseguido nos contou porque não parou seu trabalho na igreja mesmo já tendo sido preso uma vez. “Na verdade, não há explicação lógica, mas sentíamos que Deus não queria que parássemos, mesmo sabendo que poderíamos ser presos novamente a qualquer momento”, relata.

Quanto aos dias na cadeia, ele diz que sabia que Deus estava com ele, mas isso não tornava o dia a dia na prisão confortável. Ele dormia e comia com assassinos, ladrões e traficantes. Ele confessa que sentia medo e tristeza, apesar de saber que o Senhor estava com ele. Depois de se dedicar intensamente à oração, Mojtaba sentiu o Senhor lhe falar que ele não estava lá por si mesmo, ou porque havia cometido algum pecado; mas por Deus, porque era seu propósito. Então ele começou a olhar para os outros prisioneiros com os olhos de Deus e compreendeu que o Senhor queria que ele lhes falasse do seu amor. Entendendo que Deus o havia colocado na prisão para resplandecer sua luz, Mojtaba começou a compartilhar o evangelho com os companheiros de prisão. Alguns aceitaram Jesus, outros aceitavam suas orações.

Líder muçulmano ajudou a distribuir Bíblias na prisão

Porém, faltava uma coisa: eles não tinham acesso à Bíblia. Mas Deus operou um milagre. O imã (líder muçulmano) que ia orar com os presos islâmicos perguntou se eles precisavam de alguma coisa e concordou em dar um jeito de trazer uma Bíblia para eles. Então, ele trouxe trechos da Bíblia impressos em inglês, como se fosse material de aula de inglês. Um dos prisioneiros traduziu para o idioma persa. Mojtaba copiou os trechos e distribuiu aos companheiros de prisão. Os trechos bíblicos começaram a circular mais e mais e vários prisioneiros entregaram a vida ao Jesus da Bíblia.

Agora livre, o cristão recentemente participou de uma conferência de aconselhamento pós-trauma realizada por uma organização parceira da Portas Abertas. Ele reflete sobre o tempo em que passou lá, e diz: “Eu nunca orei para ser solto. Posso servir a Deus em qualquer lugar, dentro ou fora da prisão. Posso trabalhar para o Reino de Deus onde quer que Deus me coloque. E naquele tempo ele me colocou entre os prisioneiros”. Mojtaba pede que oremos por seu país e por todos os cristãos perseguidos que estão presos por sua fé em Jesus.

Pedidos de oração

  • Ore para que o evangelho seja pregado no Irã e muitos venham a ser salvos.
  • Interceda pelos cristãos que estão sob pressão, para que desfrutem da paz que excede a todo entendimento.
  • Clame pela vida de Mojtaba e de outros líderes cristãos, para que continuem servindo ao Senhor com alegria e coragem onde quer que estejam.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||