Talibã retoma capital da província e isso pode afetar cristãos

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

06 de outubro de 2015.

 

De acordo com informações da agência de notícias Reuters, no mês passado, após intensos confrontos, o talibã lançou uma ofensiva bem-sucedida e retomou Kunduz, capital da província com o mesmo nome, e que é considerada uma cidade estratégica para eles.

Relatórios da Portas Abertas afirmam que esta é a primeira vez, desde 2001, que o talibã conquista uma capital provincial. O ataque aconteceu dois anos depois que as tropas internacionais se retiraram da província. O Exército Nacional Afegão não teve o apoio dessas tropas internacionais em momento algum, mas a BBC noticiou que a presença militar da NATO (North Atlantic Treaty Organization - Organização do Tratado do Atlântico Norte) teria colaborado com o país.

É especialmente preocupante que este ataque tenha sido realizado no norte do país, já que as fortalezas talibãs são típicas nas províncias do sul. Isto deixa claro que o movimento fundamentalista está se espalhando rapidamente, o que pode afetar as minorias cristãs indígenas e também cristãos expatriados, porque o ideal político-religioso do grupo é recuperar a força do islã no país, tornando-o estado teocrático, onde o único deus deve ser Alá, segundo eles. Ore por essa nação.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||