Tajiquistão: Sentença de pastor condenado é mantida

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

19 de setembro de 2017.

O pastor Bakhrom Kholmatov foi preso sob a falsa acusação de extremismo. Ele foi condenado a três anos de prisão, mas o advogado apelou. Primeiramente, o apelo foi adiado. Agora sabe-se que foi negado. A corte não mudou a decisão. De acordo com a sentença, o pastor deve cumprir uma pena de três anos sob acusação de extremismo e ódio religioso.

Diante da negação do apelo, ele disse: “Não se preocupem comigo, apenas continuem orando por mim e pela minha família. Eu sabia que poderia pagar um preço por seguir a Cristo e por meu ministério, e o faço agora. Estou pronto para passar por isso. Estou pronto para estar na prisão pelo nome de Cristo e cumprir minha sentença”.

Ore por esse corajoso irmão. Peça que Deus guarde sua fé, emoções, saúde física e espiritual. Ore também pela esposa e filhos. Clame tanto pela segurança da família, como pela dele na prisão. Bakhrom agradece a todos os irmãos e irmãs que oraram por ele e o apoiaram.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||