Tailândia: Cristianismo pode ser ameaçado

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

25 de novembro de 2015.

 

De acordo com a agência de notícias Reuters, os grupos budistas radicais da Tailândia, se tornaram inspiração para os budistas de Mianmar, país vizinho. Agora eles querem pressionar o governo a incluir a religião deles na constituição do estado.

Segundo um analista de perseguição da Portas Abertas: "A conexão entre os grupos budistas tailandeses com grupos radicais budistas de Mianmar não é inteiramente nova. A mídia já publicou, no mês de junho, que grupos tailandeses doaram equipamentos e ajudaram na criação de uma estação de rádio, basicamente destinada a combater a ameaça islâmica".

A minoria cristã na Tailândia é muito pequena, logo é facilmente afetada pelo forte nacionalismo. "Se Mianmar serve como uma inspiração, o próximo passo pode ser um impulso para a introdução de leis protetoras do budismo", comenta o analista.

Segundo ele, o perigo real desse movimento está nas mãos dos militares. "As forças estão sendo unificadas, e quando uma determinada religião for protegida pelo estado, os seguidores de Cristo e também as demais religiões serão fortemente ameaçadas", finaliza.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||