Sudão: Pastor é preso, fica doente e não recebe cuidados médicos

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

13 de julho de 2016.

O governo do Sudão tem um longo histórico de perseguir cristãos, especialmente aqueles que abandonaram o islã para seguir a Jesus

O líder cristão Hassan Abdelrahman Kodi, de 49 anos, está preso desde o dia 18 de dezembro de 2015 e, no momento, enfrenta sérios problemas de saúde. O Comitê de Solidariedade do Sudão, com o apoio de autoridades religiosas da Europa e da América, exigiram a libertação de Kodi, que também é Secretário Geral da Igreja Cristã no Sudão. Segundo os relatórios da Portas Abertas, ele foi preso sem nenhuma acusação formal.

De acordo com o Huqooq, que é um grupo que defende os direitos humanos dos sudaneses, negar cuidados médicos a um doente, ainda que preso, é uma grave violação aos direitos humanos e todos os procedimentos têm sido documentados para a defesa do réu. O governo do Sudão tem um longo histórico de maltratar cristãos, especialmente aqueles que abandonaram o islã para praticar o cristianismo. O caso do pastor Kodi não é um fato isolado. Em julho de 2015, Yat Michael Ruot e Peter Yein Reith, ambos líderes cristãos do Sudão do Sul, também foram acusados de espionagem, sem provas conclusivas.

O Sudão, que ocupa o 8º lugar na Classificação da Perseguição Religiosa, também está na Lista de Preocupação Específica (CPC, sigla em inglês) há mais de 10 anos. Outros países que já entraram para a lista, desde 2008, foram Mianmar, Coreia do Norte, Eritréia, Irã, Paquistão, China, Arábia Saudita, Turcomenistão, Uzbequistão e Vietnã. A atual designação de um país como um CPC depende de uma decisão do Departamento de Estado norte-americano. 

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||