Separadas por oceanos, unidas pela fé

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

03 de outubro de 2018.

Heather George*, do Reino Unido, se uniu a um grupo internacional de mulheres para participar de uma conferência com cristãs perseguidas na Etiópia. As palavras de Isaías 41.10 deram o tom do tempo que passaram juntas, que diz: “Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a minha mão direita vitoriosa”. Enquanto as visitantes liam as palavras de suas Bíblias em inglês, as mulheres etíopes recitavam de cor, até porque muitas delas não sabem ler.

Ela sempre soube que sua vida era muito diferente das mulheres que conheceria na Etiópia, mas essa meditação da Escritura a ajudou a entender que seus mundos são separados não apenas por oceanos, mas também por circunstâncias. Aquelas mulheres sabem muito pouco sobre política e provavelmente não tem opinião sobre os fatos do mundo atual. Elas dificilmente têm alguma aspiração profissional, mas sua força e fé chamam a atenção.

Cada uma delas desistiu de tanto por sua fé em Cristo. O marido de Belen* se divorciou por ela ter decidido seguir a Cristo. Ele a deixou cuidando sozinha dos três filhos. Além disso, seu irmão a acusou falsamente de roubar uma grande quantidade de dinheiro dele. Por escolher a Jesus, Missy* foi expulsa de casa e da vila e constantemente encara ameaças. Depois que Tsige* se tornou cristã, sua comunidade a puniu excluindo ela no trabalho. Ela também encara intimidações constantes em forma de ameaças. Os pais de Yettie* a expulsaram depois que souberam sobre sua nova fé.

Cada uma das participantes tinha uma história de intensa perseguição, sacrifício e dificuldade para compartilhar. Ainda assim, todas continuaram escolhendo a Cristo. É verdade que a vida diária parece diferente, mas as dificuldades internas eram mais parecidas do que ao olhar pela primeira vez. Ela percebeu que todas têm fardos na vida, mas que o Senhor está sempre lá para limpar as nossas lágrimas e nos ajudar.

Ouvimos tantas vezes que a igreja é uma família que quase parece um clichê. Mas para ela, encontrar irmãs perseguidas na Etiópia, fez com que voltasse para casa de uma forma diferente. Apesar de parecerem muito diferentes em um primeiro momento, elas eram mais parecidas e absolutamente unidas na fé. A conclusão é que nós precisamos desesperadamente uns dos outros.

*Nomes alterados por segurança.

Pedidos de oração

  • Ore por todas as mulheres que participaram da conferência, que o Senhor possa continuar trabalhando em suas vidas.
  • Apresente essas irmãs etíopes que têm enfrentado perseguição diária em suas vidas, que Deus possa as encorajar e fortalecer.
  • Peça a ele que mais conferências como essa aconteçam para que mais mulheres sejam ministradas.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||