Sem licença oficial, igrejas são fechadas na Ucrânia

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de outubro de 2018.

Dezenas de igrejas tiveram que parar suas reuniões em Luhansk, região dominada por rebeldes na Ucrânia, reportou a agência de notícias com sede em Oslo, Forum 18. O prazo para se registrar era até 15 de outubro, segundo a nova lei de religião, vigente desde fevereiro na República Popular de Luhansk. A nova lei prescreve que todas as comunidades religiosas tinham que se registrar, inclusive as que já tinham registro.

No entanto, a maioria das igrejas protestantes teve a licença negada, sendo que duas igrejas ainda estão aguardando. Igrejas protestantes também receberam multas e buscas em seus locais de culto. Algumas das igrejas que receberam a permissão são ortodoxas e também a comunidade hare krishna.

A maioria das 44 igrejas batistas, membros da União Batista Ucraniana, preencheu o formulário para registro, mas todos os pedidos foram negados, afirma Forum 18. A carta de negação do pedido dizia que era “inadmissível” porque continha violações da lei religiosa, mas sem explicar quais.

“Não sabemos se podemos fazer o culto no próximo domingo na nossa igreja... As autoridades disseram que nossos prédios não pertencem mais a nós”, disse um membro de uma igreja de Luhansk. Algumas igrejas decidiram interromper suas atividades totalmente, até mesmo o trabalho social, para evitar provocar desconforto e evitar que a propriedade da igreja, instrumentos musicais e outros itens sejam confiscados.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||