Seis cristãos são mortos em ataque de rebeldes no Congo

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

18 de março de 2019.

Seis cristãos foram mortos por militantes das Forças Democráticas Aliadas (ADF, da sigla em inglês) no vilarejo de Kalau, a 12Km de Beni, na província de Kivu do Norte, na República Democrática do Congo. Um dos vários grupos rebeldes que operam no país, a ADF é um grupo militante islâmico que, repetidamente, tem atacado a população cristã. Sequestros e mortes se tornaram comuns conforme o grupo mostra sua força.

O ataque aconteceu das 19h às 23h do dia 9 de março. De acordo com fontes da Portas Abertas, os agressores se passaram por agentes de segurança ao chegar ao vilarejo. Quando chegaram ao centro da aldeia, alguns jovens desconfiaram e avisaram outros. Mesmo assim, os militantes atiraram indiscriminadamente nos moradores, matando três mulheres e uma criança de 9 anos de idade. Em seguida, prosseguiram em direção à casa do chefe do vilarejo, onde mataram os cães de guarda. Com isso, as pessoas tentaram fugir, mas eles chegaram a matar dois que estavam fugindo, contou uma enfermeira de Beni, por telefone, à Portas Abertas.

Um líder comunitário local nos contou: “Ouvimos os rebeldes dizerem que estão trabalhando faz tempo em sequestros e mortes, mas que agora querem ocupar o território. Eles querem ocupar a área que alegam ser deles”. Os seis mortos eram cristãos locais. O vilarejo de Kalau tem uma grande comunidade cristã, com alguns adeptos de religiões africanas tradicionais.

De acordo com o pastor Gilbert Kambale, que lidera uma organização da sociedade civil em Beni, estima-se que 470 famílias fugiram para Beni após o incidente. Muitos se refugiaram em casas de parentes ou em escolas. Ore a Deus por essas famílias e pela situação.

Pedidos de oração

  • Ore pela segurança da população cristã local.
  • Peça o conforto do Senhor para todos os que perderam familiares no ataque.
  • Interceda para que Deus intervenha na situação da província de Kivu do Norte, no Congo.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||