Reino Unido quer firmar uma aliança internacional contra perseguição

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de fevereiro de 2019.

O Reino Unido quer construir uma aliança internacional de países para tratar sobre a perseguição aos cristãos ao redor do mundo. De acordo com o site World Watch Monitor, a informação foi dada pelo ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, no lançamento de uma análise independente sobre a questão, no dia 30 de janeiro, em Londres. Hunt anunciou a iniciativa relacionada à perseguição cristã e o que o governo britânico está fazendo globalmente em resposta. Ele pediu ao Bispo de Truro, Philip Mounstephen, para comandar a iniciativa.

O ministro, que é cristão, disse que quer fazer isso “não apenas porque liberdade religiosa é um direito humano fundamental, mas também porque liberdade religiosa é uma linha invisível entre sociedades abertas e fechadas”. Ele acrescentou que evidências mostram que 80% das pessoas que enfrentam perseguição religiosa são cristãos, sendo que a maioria vive no hemisfério sul.

“Às vezes, nós pensamos que quando se trata dos direitos dos cristãos isso é sobre pessoas realmente ricas. E não é. As pessoas que passam por isso são algumas das mais pobres do planeta”, afirmou. Ele convidou o Bispo de Truro para conversar “sem medo ou privilégio” sobre as questões que o Ministério das Relações Exteriores precisa abordar.

Pedidos de oração

  • Ore para que esta iniciativa traga mais segurança para os cristãos perseguidos ao redor do mundo.
  • Interceda para que medidas efetivas sejam tomadas.
  • Peça para que o Espírito Santo direcione as pessoas envolvidas com esse projeto.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||