Região cristã está sendo atacada na Nigéria

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

17 de janeiro de 2017.

Pelo menos 800 pessoas já morreram, muitas estão feridas, cerca de 53 aldeias e fazendas vizinhas foram destruídas, mais de 1400 casas e quase 20 igrejas foram queimadas durante os ataques

Os cristãos que vivem no sul do estado de Kaduna, na Nigéria, precisam muito das nossas orações. O cenário para a igreja tem sido violento e tenso porque os fulanis (fazendeiros nômades muçulmanos) continuam atacando apesar da presença das forças nacionais de segurança. Desde o dia 7, um grande número de agressores armados está atacando as comunidades de Kagoro e Kafanchan.

De acordo com a liderança cristã na região, pelo menos 800 pessoas já morreram, muitas estão feridas, cerca de 53 aldeias e fazendas vizinhas foram destruídas, mais de 1400 casas e quase 20 igrejas foram queimadas durante os ataques. Os corpos permanecem espalhados porque os moradores têm medo de recolhê-los e serem atacados também. No dia 12, foi relatado que os fulanis estavam escondidos nas montanhas que cercam as duas cidades.

Entre os cristãos assassinados, a maioria era de mulheres, crianças e idosos. Colaboradores da Portas Abertas estão encorajando a igreja nigeriana e todos permanecem em comunhão e oração. Há uma grande preocupação com as dificuldades humanitárias causadas pela violência. A insegurança fez com que essas áreas ficassem isoladas e agora o comércio está muito limitado. Os líderes cristãos estão trabalhando para montar um campo de ajuda para os deslocados. Lembre-se deles em suas orações.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||