Reconstruindo o futuro de jovens no Iraque

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

22 de agosto de 2018.

A vila de Sharafiyah, no nordeste do Iraque é quase impossível de achar no mapa, mas é lá que Lina* está investindo na nova geração de cristãos no Iraque. Durante um acampamento de dois dias, ela se concentra em como a juventude da igreja pode construir o seu futuro e o da igreja conhecendo seus dons e talentos. Ao todo, 21 pessoas estavam sentadas nos sofás em volta de Lina. Os participantes a ouvem quase que sem respirar. Sally, uma jovem desabrigada que fugiu do Estado Islâmico para Sharafiyah conta: “Eu vim porque sei que tenho talentos e aqui aprendi a como desenvolvê-los e usá-los de uma forma nova”. “Isso é o que eu preciso ouvir; é o que o Iraque precisa ouvir”, diz Sergios, de 29 anos.

Lina mostra o que os jovens do ocidente dizem sobre si mesmos, que eles pedem por trabalho e por seus direitos, estão comprometidos com a verdade, pensam sobre as coisas e buscam por respostas. Então pergunta: “O que vocês pensam sobre vocês mesmos como iraquianos? Qual dessas coisas se aplicam a vocês?”. Sim, há grandes semelhanças com o que eles viram sobre os jovens ocidentais. “Nós buscamos por amor, queremos ser amados. Nós queremos começar uma família e procuramos por respostas”. Mas há algumas observações diferentes, como falta de segurança e os tipos de problemas enfrentados.

Alguém fala sobre como o mundo tem um pensamento negativo sobre o Iraque. “Eles não sabem que há cristãos aqui, só sabem sobre bombas explodindo no país”. O líder religioso da igreja da vila, Asad Hanona, imediatamente responde: “O mundo deveria saber como nós cristãos estamos vivos aqui no Iraque. A igreja local está cheia de pessoas jovens sonhando com um futuro melhor para o Oriente Médio".

Outras pessoas, como Hanona, também são palestrantes no acampamento. Ele compartilha: “Este acampamento ensina o jovem sobre como servir na igreja. Eu espero que esse momento restaure a confiança dos jovens na igreja e que eles possam se recuperar de tudo o que passaram. A igreja vive por meio dos jovens, sem eles a igreja não teria vida”. Quando perguntando sobre o que tem a dizer aos nossos parceiros, ele disse: “Obrigado. Saiba que seu dinheiro não está sendo desperdiçado. Ele também é investido nos jovens, no futuro deles e na renovação da vida no Iraque”.

Semeando para o futuro
Os iraquianos precisam reconstruir seu país, mas para isso, precisam de formas para se sustentar. Com programas de microcréditos, oferecidos por meio da sua doação, os cristãos locais podem desenvolver o próprio negócio, gerando renda e novos empregos.

Revista Portas Abertas
Para conhecer mais histórias de cristãos que estão participando do renascimento do Iraque, peça a sua Revista Portas Abertas. Com uma doação de R$ 39,00 você receberá uma revista por mês durante um ano. Conheça mais sobre a realidade de nossos irmãos perseguidos.

*Nomes alterados por segurança

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||