Projeto de identificação causa polêmica no Afeganistão

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de abril de 2018.

 

O tempo e o esforço empreendido para introduzir um cartão de identificação eletrônico para os cidadãos afegãos ilustra as profundas rivalidades étnicas e religiosas que dividem o Afeganistão, conforme relatado pela Rede de Analistas do Afeganistão (AAN), em 22 de fevereiro de 2018.

Thomas Muller, analista de perseguição da Portas Abertas, explica porque os cartões estão causando polêmica: “Como de costume no Afeganistão, o trabalho do chamado 'e-Tazkera' (projeto de produção dos cartões de identificação eletrônicos) já dura anos e tem sido fonte de um debate acalorado. Duas questões em particular causam muita polêmica. A primeira, deve-se conter uma seção sobre etnia? Em segundo lugar, a identificação deve conter uma linha que contenha a nacionalidade ‘afegã’?”.

“Fora das principais áreas de discussão, é interessante notar que a lei fundamental para a emissão do cartão exige que a religião do cidadão seja mostrada no cartão de identificação também. No entanto, nenhum afegão no país jamais ousaria admitir que é cristão”, complementa Muller.

Pedidos de Oração

  • Viver como cristão no Afeganistão é um desafio. Ore pela igreja secreta no país.
  • Clame por perseverança e crescimento na fé dos cristãos que, muitas vezes, vivem a fé sozinhos e sem o apoio de uma comunidade.
  • Coloque diante de Deus o projeto dos cartões de identificação eletrônicos. Que as decisões tomadas não sejam usadas para propagar o extremismo religioso.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||