Projeto da lei básica Bangsamoro pode ser finalizado

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

17 de julho de 2018.

 

O projeto final das leis que darão maior autonomia para a região de Mindanau, no sudeste das Filipinas, incluirá uma norma que permite a liberdade religiosa no território. Um grupo de membros da Câmara e do Senado é esperado para finalizar a proposta da Lei Básica Bangsamoro e enviar para a aprovação do presidente, Rodrigo Duterte. A lei apresenta um plano para a criação de um território autônomo chamado Bangsamoro.

Apesar de contar com maioria muçulmana, em março, o governo de Mindanau escolheu o primeiro vice-governador para cristãos, minoria na região, para garantir que suas vozes sejam ouvidas. De acordo com o senador Joel Villanueva, o projeto final promove a liberdade religiosa no governo de Bangsamoro. A região é multicultural e conta com cristãos, islâmicos e dezenas de crenças indígenas. O senador, que é filho do pastor Eduardo Villanueva, ressaltou que a lei deve garantir que as pessoas sejam protegidas de imposições ou violência por causas religiosas.

Esta lei é vista como a chave para acabar com décadas de conflitos ao sul das Filipinas, onde grupos têm se rebelado para se tornarem uma província independente. No ano passado, um desses grupo, o Maute, um afiliado do Estado Islâmico, manteve o sudeste da cidade de Marawi cercado por cinco meses. Ore para que esta lei entre em vigor e que beneficie a Igreja Perseguida. Apresente os conflitos que têm ocorrido no sul do país, peça para que eles sejam interrompidos e que a paz seja efetiva na região.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||