Portas Abertas lança campanha de oração pela Índia

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

15 de agosto de 2018.

Hoje, dia em que a Índia celebra 71 anos de independência, a Portas Abertas lança uma campanha de oração pelo país. Diante da crescente onda de perseguição extremista, a necessidade de dobrarmos esforços para fortalecer nossos irmãos indianos é urgente. Na Índia, o Dia da Independência é muito mais que comemorar o aniversário da libertação do estado, mas um momento de celebração, um dia de prestar tributo aos mártires por sua luta e sacrifício.

Em 2017, em seu discurso neste feriado nacional, o primeiro-ministro indiano Narendra Modi foi aplaudido quando disse que “violência em nome da fé não pode ser permitida”. No entanto, desde que se tornou primeiro-ministro, quando seu partido BJP, de cunho nacionalista hindu assumiu o poder em 2014, o nível de perseguição a cristãos tem aumentado e centenas de incidentes violentos foram registrados – e deixados impunes em sua maioria.

A Índia pede socorro

Com isso, a Índia vem subindo de posição na Lista Mundial da Perseguição, passando de 28º em 2014 para 11º em 2018, e não é incomum o ataque a igrejas cristãs no Dia da Independência. Os radicais hindus têm o plano deliberado de transformar a nação de secular (como definido na Constituição) em um país em que o hinduísmo seja a religião oficial do estado.

A discriminação, fruto do sistema de castas, é muito comum na Índia e afeta os cristãos ex-hindus em todo o país, já que a maioria dos convertidos é de castas mais baixas ou mesmo dos dálitis (também chamados de “intocáveis”). A pressão se torna ainda mais evidente em áreas rurais, já que os pequenos vilarejos do interior não têm acesso a recursos nem à educação. Nessas regiões mais isoladas, dar sinais de seguir uma fé que não seja o hinduísmo pode estimular agressões por parte da comunidade. Além disso, cristãos não podem ser registrados como tais, casamentos não podem acontecer e batismos são impedidos. Até mesmo funerais de cristãos se tornam alvos de radicais hindus.

Não os deixe sós

Não podemos ficar alheios enquanto parte do corpo de Cristo é perseguida pelo nome dele. Você pode fazer a diferença. Conheça mais sobre a campanha, ore, envolva-se e compartilhe a causa da Igreja Perseguida na Índia. Vamos juntos mostrar na prática a unidade do corpo de Cristo.

Pedidos de oração

  • Ore por proteção para os cristãos, visto que em anos anteriores ataques terroristas e explosões de bombas foram realizados no Dia da Independência.
  • Clame para que a nação experimente a real libertação que só Jesus pode dar.
  • Interceda para que nesse período da campanha a vida de muitos indianos seja abençoada através de nossos esforços em oração e ajuda prática.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||