Pastor cristão ainda enfrenta assédio da polícia

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de agosto de 2015.

No início deste mês foi publicada uma notícia a respeito do pastor Faizullah, do Turcomenistão. Essa semana, duas fontes da Portas Abertas no país tiveram a chance de visitar o pastor e saber mais detalhes sobre seus sucessivos depoimentos na polícia e multas ao qual foi imposto por ser cristão.

Há cerca de 2 meses Faizullah foi parado pela polícia, quando encontraram em sua mochila um livro cristão, DVDs e CDs de estudos e louvores cristãos. Levado à interrogatório, ele foi pressionado a dizer nomes e endereços de seus contatos cristãos no Turcomenistão e a polícia ainda o tentou subornar com dinheiro e outros benefícios, para que ‘contasse tudo o que sabia’.

Faizullah não disse nada, mas disse que o livro e CDs foram doados a ele em uma das igrejas na Turquia, o que é verdade absoluta. O Departamento de Estado da Cultura, então, multou o pastor em 170 dólares (cerca de 600 reais). Alguns dias mais tarde ele ainda foi questionado pelos oficiais do serviço secreto, que o ameaçaram de confiscar sua casa e colocar Faizullah na prisão por vários anos. O pastor continuou afirmando que o livro os CDs foram dados a ele enquanto estava na Turquia. Mais tarde o serviço secreto turcomenistão emitiu uma ordem multando o pastor, novamente, em 125 dólares ( assinado a ordem de pastor multa Faizullah no montante igual $ 125 (cerca de 435 reais).

Ele continua sendo assediado, quase que diariamente, pelas autoridades daquele país que farão de tudo para prendê-lo e encontrar sua rede de distribuição de material cristão.

Pedidos de oração

    • Por favor, ore pelo pastor Faizullah e sua família, enquanto eles estão passando por assédio por parte das autoridades do Turquemenistão.
    • Que os cristãos no país perseverem em oração e firmes na fé. Clame por sabedoria para a vida desses cristãos que precisam aprender mais de Deus e, muitas vezes, lhes falta material.
    • Peça pelas autoridades do país. Que eles conheçam a Jesus e que abrandem as leis que vão de encontro com a propagação do evangelho no país.

*Nome alterado por motivos de segurança.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||