Pastor Andrew Brunson é transferido para prisão domiciliar

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

26 de julho de 2018.

 

Apesar de na última audiência do pastor americano Andrew Brunson, acusado de terrorismo, a justiça turca ordenar que ele continuasse preso, a situação foi alterada. Após 22 meses de prisão, Brunson foi solto às 17h30 de ontem da prisão de segurança máxima onde estava. Ele foi transferido para prisão domiciliar, de acordo com ordem da justiça em resposta ao apelo do advogado de defesa que alegou questões de saúde.

Uma multidão de cristãos turcos da igreja de Brunson saudou o pastor com lágrimas e mensagens de “Nós amamos você, Andrew”, enquanto chegava em casa sob escolta policial. O pastor não tem permissão para sair da casa até a próxima audiência, marcada para 12 de outubro.

A condenação, em caso de culpa, será de 35 anos de prisão. O pastor nega completamente todas as acusações, chamando-as de ‘vergonhosas e repugnantes’. Na última audiência, Brunson disse que era muito difícil permanecer na prisão e estar longe da esposa e filhos. Afirmou ainda que não há evidências concretas contra ele. “Os discípulos de Jesus sofreram em nome dele, agora é minha vez. Eu sou um homem inocente em todas essas acusações. Eu sei porque estou aqui, estou aqui para sofrer em nome de Jesus”, declarou.

Pedidos de oração

  • Ore pela próxima audiência do pastor Brunson, que a verdade seja trazida à tona e ele seja absolvido.
  • Apresente ele e a família, para que tenham a fé fortalecida em Cristo.
  • Peça a Deus pela igreja turca, que eles continuem experimentando o poder da oração e que o testemunho deles alcance outras pessoas.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||