Paquistão completa 71 anos de independência

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

14 de agosto de 2018.

A independência do Paquistão, conquistada há 71 anos, teve motivação principalmente religiosa. O confronto entre hindus e muçulmanos era crescente e com a divisão, a Índia ficou com maioria hindu e o Paquistão, maioria muçulmana. Esse processo resultou em milhões de mortos e provocou um intenso fluxo de migração, fazendo com que hindus fossem para a Índia e muçulmanos para o Paquistão.

Mesmo tendo sido religião minoritária antes da independência, o islamismo no Paquistão é extremo a ponto de estar na 5ª colocação na Lista Mundial da Perseguição 2018. Um exemplo disso é o caso do jovem cristão que foi acusado de blasfêmia contra o Maomé, um crime punível com morte no país. Frahan Aziz, de 26 anos, foi preso no início do mês, após membros de um partido político terem cercado a única rua da cidade onde os cristãos vivem.

Segundo Asif Masih, tio de Aziz, o grupo pretendia matar o sobrinho, mas a polícia prendeu ele, levando-o para um local desconhecido. A família acusa a ex-namorada de Aziz de mandar mensagens blasfemas do celular registrado no nome do rapaz. O chefe de polícia local, Jawad Answer, garantiu que a investigação será feita por mérito e compartilhada em breve com a mídia.

Pedidos de oração

  • Ore por Aziz, que o caso dele possa ser tratado com justiça e sua fé esteja firmada em Cristo.
  • Interceda pelos cristãos paquistaneses, que possam permanecer fortalecidos e mostrar a luz de Deus aos muçulmanos.
  • Peça ao Senhor que os muçulmanos conheçam a Jesus e se rendam ao seu amor.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||