Papa condena perseguições sofridas por cristãos no Oriente

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

06 de agosto de 2015.

 

O Papa Francisco denunciou nesta quinta-feira (6) as perseguições desumanas que sofrem os cristãos no Oriente, em uma mensagem enviada à hierarquia da Igreja católica da Jordânia.

"Em várias partes do mundo, mas em particular no Oriente, os cristãos sofrem perseguições atrozes, desumanas e inexplicáveis", afirmou o papa na mensagem que será entregue pelo secretário da conferência episcopal italiana.

Segundo o papa, as vítimas das perseguições são "mártires dos tempos modernos, humilhados e discriminados por sua fidelidade ao Evangelho".

"São vítimas do fanatismo e da intolerância ante nossos olhos e em nosso silêncio", destacou.

O secretário da conferência episcopal italiana, Nunzio Galantino, visitará a Jordânia para entregar ajuda aos mais de 600.000 refugiados que vivem nesse país em condições precárias.

Entre 10 e 13 milhões de cristãos vivem no Oriente Médio, sendo que 36% no Líbano, 10% no Egito, 5,5% na Jordânia, 5% na Síria, 2% no Iraque, 2% em Israel, sendo que 1,2% são palestinos, segundo a Obra do Oriente.

Fonte: AFP.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||