Pai de menina sequestrada tem fé de reencontrá-la

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de dezembro de 2015.

 

A filha do líder religioso conhecido como Ayuba*, que estava entre as mais de 200 meninas sequestradas pelo Boko Haram, na escola de Chibok, disse que sente saudade da filha e que não deixar de orar um dia sequer pelo seu retorno.

Na ocasião do sequestro, os extremistas também queimaram a sua igreja e levaram todos os seus pertences, obrigando a família a se mudar para outro lugar. Num encontro com a equipe da Portas Abertas, ele revela que busca respostas na Bíblia. "Sem a Palavra de Deus não suportaríamos viver tudo isso, além do mais, nós estamos sobrevivendo pelas orações dos irmãos", diz Ayuba.

"Minha filha Amina* faz muita falta. Minha esposa chora muito, até hoje, todos os dias falamos dela. Mas concordamos que devemos confiar em Deus, e vamos continuar esperando. Eu creio que Deus pode nos trazer ela de volta e também as outras meninas. Pode parecer impossível aos nossos olhos, mas nós servimos ao Deus dos impossíveis. Nós oramos e jejuamos sempre. Por favor, continuem orando por todos nós", pede o pai.*Nomes alterados por motivos de segurança.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||