Ore por uma família cristã

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

29 de abril de 2017.

 

A família insiste em compartilhar o evangelho, mas um dos filhos não tem certeza da escolha

Por razões de segurança, a história que vamos contar agora não pode ter o nome de seu país de origem revelado. Os membros da família também terão seus nomes omitidos. Numa nação que é totalmente fechada ao cristianismo, vive uma família que se rendeu a Jesus. Desde as gerações mais antigas, eles têm se empenhado em compartilhar o evangelho com o maior número de pessoas possível. Pregando sobre a salvação, eles realizam o trabalho de discipulado aos novos cristãos secretos que buscam um relacionamento mais estreito com Deus.

Um dos filhos dessa família, Majid*, porém, reagiu negativamente ao trabalho que é feito durante tantos anos, alegando que seria prudente que todos recuassem, já que vivem sob intensa pressão por causa do extremismo religioso e da violência naquele país. O jovem passou momentos difíceis, apresentando comportamentos estranhos e os moradores próximos começaram a dizer que ele precisava ser levado a um “especialista em exorcismo”. A família, por outro lado, acredita que as orações e a confiança em Deus serão suficientes para sua cura. Majid foi levado aos médicos, que não encontraram nada de errado nele.

“É inacreditável ver Majid assim, estamos muito preocupados e os vizinhos não nos deixam em paz. Minha esposa chegou a acreditar que alguém lançou um feitiço sobre a vida dele. Mas a verdade é que ele sempre esteve em conflito entre a identidade cristã e a muçulmana”, disse o pai. “Durante toda a nossa vida, vivemos como refugiados, indo de uma cidade para outra. Agora estamos planejando ficar por aqui para servir essa comunidade e espalhar as boas novas a todos. Esse é o trabalho de Deus e nós não vamos parar por conta dos últimos acontecimentos”, conclui o pai, pedindo as orações e a intercessão de todos os cristãos que tomarem conhecimento desse fato.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||