O Ramadã começou. Aumenta os riscos contra cristãos

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

07 de junho de 2016.

 

Interceda pela segurança dos cristãos durante o período. Os cristãos precisam ter muita cautela

Assim como no Brasil, esse é o tradicional mês das festas religiosas, no mundo muçulmano, começa hoje o Ramadã, a celebração mais conhecida e também uma das épocas em que os cristãos perseguidos nesses países são mais pressionados. A festa acontece até o dia 5 de julho e relembra a ocasião em que o profeta Maomé recebeu a revelação de Alá. Entre o nascer e o pôr do sol, todos os muçulmanos devem jejuar, são dispensados somente aqueles que comprovam algum impedimento de acordo com as leis islâmicas.

Muitos vestem suas melhores roupas e decoram suas casas com luzes e outros enfeites durante o Ramadã, as mesquitas ficam lotadas e cada noite é uma espécie de ceia de natal. Mas jejuar, porém, não é uma opção para os muçulmanos, e sim uma obrigação, quando não é cumprida, prevê pena de até seis meses de prisão. Os cristãos precisam ter muita cautela durante o Ramadã, por vários motivos, e um deles é porque os muçulmanos ficam mais sensíveis. No trabalho, por exemplo, alguns ficam sonolentos e indispostos, o que faz com que os não muçulmanos sejam responsáveis por fazer a maior parte do trabalho, como mostra a matéria Cristãos se preparam para a chegada do Ramadã.

Outra preocupação para os cristãos em relação ao Ramadã é que nos últimos dias os ataques contra eles são mais comuns. Há duas grandes celebrações consideradas mais importantes durante o período, na noite do 26º para o 27º dia, quando eles comemoram laylat al-kadr (noite do destino ou noite do poder), pois acredita-se que foi nessa noite que Alá começou a falar com Maomé. E o último dia, conhecido como eid al-fitr (fim do jejum), com um banquete seguido de três dias de comemoração, quando é proibido jejuar. Em clima de festa, os extremistas islâmicos aproveitam para invadir igrejas e agir de forma violenta contra aqueles que são considerados infiéis. Em suas orações, interceda pela segurança dos cristãos.

Pedidos de oração

  • Durante o período do Ramadã, enquanto os muçulmanos jejuam, ore por eles, para que de alguma enxerguem o amor de Jesus.
  • Clame pelos muçulmanos, para que Deus continue se revelando a eles através dos testemunhos dos cristãos que os rodeiam.
  • Ore também por força, incentivo, sabedoria e estratégia para que nossos irmãos continuem evangelizando e ganhando muitas vidas para Cristo.

Fonte: Portas Abertas.

 

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||