O perigo se aproxima da igreja em Camarões

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

14 de setembro de 2016.

14-cameroon.jpg

 

Ataques são cada vez mais frequentes e a violência se intensifica, principalmente, no Norte do país; ore pelos cristãos camaronenses perseguidos

O Norte de Camarões tem sido alvo de ataques suicidas por parte do grupo extremista Boko Haram. Há poucas semanas, houve um incidente violento em pleno domingo. Três pessoas morreram e 24 ficaram feridas. O país não está entre os 50 da atual Classificação da Perseguição Religiosa, mas já ocupa o 60º lugar de acordo com sua pontuação.

Camarões está numa região em que a perseguição aos cristãos fica cada vez mais intensa, fazendo fronteira com a Nigéria (12º), Chade (54º) e República Centro-Africana (26º). O atual ataque é uma demonstração de que o perigo está cada vez mais próximo. Embora os líderes dessas nações tenham tido alguns sucessos militares contra o grupo extremista, parece que a luta contra eles ainda não acabou.

Enquanto isso, a igreja camaronense se prepara e se fortalece através da fé em Cristo. Embora dezenas de igrejas tenham sido fechadas pelo governo, desde 2013, os fieis continuam a pregar o evangelho ousadamente. A Portas Abertas tem apoiado milhares deles, através de ajuda humanitária, treinamento de líderes e distribuição de Bíblias.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||