Norte-coreano agradece pelos cristãos perseguidos

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de dezembro de 2017.

 

Ser grato é reconhecer que precisamos do outro e que sozinhos não podemos fazer muito. Desde que nascemos, necessitamos dos cuidados e amor de alguém para sobreviver. Chegando ao final de mais um ano, podemos olhar para o ano que passou e ser gratos a Deus por suas incontáveis bênçãos e, sobretudo, por seu amor fiel e presença conosco.

Nossos irmãos da Igreja Perseguida, que são um exemplo de fé para nós, também agradecem, pois sabem o valor da oração, que é o que os sustenta. Hoje registramos as palavras de um irmão norte-coreano, que expressa sua gratidão pelo amor que tem recebido da igreja livre. A Portas Abertas também é grata por sua parceria, que tem nos possibilitado mostrar esse amor de forma prática aos nossos irmãos perseguidos. 

“Nós, cristãos da igreja subterrânea da Coreia do Norte, somos tão gratos por sua preocupação e amor. Vocês realmente têm suprido nossas necessidades. Lembramo-nos das mãos fiéis e amorosas daqueles que nos apoiam, nossos irmãos e irmãs ao redor do mundo. Estamos completamente determinados a seguir a vontade de Deus e o chamado que recebemos dele”, expressa o cristão norte-coreano, que representa a Igreja Perseguida.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||