Nigéria: Uma das meninas sequestradas no Chibok foi encontrada

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

19 de maio de 2016.

 

Amina foi identificada por um soldado pertencente à força-tarefa destinada a ajudar no combate ao Boko Haram

Dois anos se passaram desde o sequestro das meninas do Chibok que virou notícia no mundo inteiro. Hoje, a BBC News informou que uma delas foi resgatada. O rapto aconteceu em abril de 2014, numa escola secundária, no nordeste da Nigéria. Ativistas disseram à BBC que Amina Ali Nkek foi encontrada ontem, por um grupo de vigilantes, na Floresta Sambisa, perto da fronteira com Camarões.

No começo do mês passado, o noticiário falou novamente sobre elas, na ocasião em que um vídeo foi enviado aos pais e ao governo nigeriano, onde algumas das estudantes aparecem respondendo a perguntas e dizendo que estavam bem. Mas o conteúdo do vídeo foi questionado pelas autoridades, por falta de confiabilidade nas informações. Amina foi identificada por um soldado pertencente à força-tarefa destinada a ajudar no combate ao Boko Haram, depois de se aventurar a ir procurar lenha na floresta.

Algumas fontes já revelaram à BBC que ela estava numa cidade ao sul da Nigéria, onde possivelmente há mais outras 25 meninas. Alguns vizinhos disseram que Amina estava com um bebê. O tio dela, Yakubu Nkeki, disse à agência Associated Press que a estudante, hoje com 19 anos, já se encontrou com a mãe em Chibok. Nos últimos dias, de acordo com a imprensa nigeriana, o exército realizou várias operações contra o grupo extremista Boko Haram, na Floresta Sambisa. A Portas Abertas está aguardando maiores informações sobre o resgate.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||