Níger: 5 mortos e 10 igrejas queimadas em protesto contra Hebdo

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

18 de janeiro de 2015.

Pelo menos 5 pessoas foram mortas, incluindo um homem queimado vivo dentro de uma igreja católica, mais de 10 igrejas , vários edifícios em chamas e bandeiras francesas queimadas. Este é o saldo de violentos protestos contra a revista "Charlie Hebdo", que abalaram Niger.

Neste sábado ocorreu o segundo dia de protestos em frente da Grande Mesquita de Niamey, onde foram registrados confrontos entre manifestantes que atiravam pedras e a policiais, que usarou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão, de acordo com "The Independent".

 

Protestas en Nigeria contra 'Charlie Hebdo'

 

Gritando "Alá é grande" e "Abaixo Charlie Hebdo", manifestantes atacaram um grupo de soldados fortemente armados.

Protestas en Nigeria contra 'Charlie Hebdo'

Outro grupo de jovens invadiu o grande mercado de Niamey, no centro da cidade, perto do qual eles começaram queimando pneus. Enquanto isso, os manifestantes atacaram a igreja protestante em Niamey, que foi saqueada e queimada. Além disso, no bairro de la Francophonie foi queimado o pastor da igreja no carro.

Protestas en Nigeria contra 'Charlie Hebdo'

 

Estes ataques ocorreram um dia após o incêndio do centro cultural francês e os saques de várias igrejas em Zinder, a segunda maior cidade do país.

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: RT.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||