Morrem dois cristãos que trabalhavam na rede de esgoto

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

03 de junho de 2018.

 

Dois cristãos que trabalhavam na rede de esgotos em Chichawatni, na colônia Novo Cristão, morreram vítimas de intoxicação por vazamento de gás. Na manhã do dia 23 de maio, Saqib Masih, de 19 anos, e Mustaq Masih, de 45, foram chamados pelo supervisor da rede de esgotos para desentupir um cano de esgoto que estava entupido havia um ano. Foi o que relatou um conselheiro cristão da colônia Novo Cristão, Rashid Masih.

“Quando Saqib desceu ao esgoto e começou a abrir um lado do encanamento entupido, gases tóxicos começaram a vazar e ele desmaiou. Então, Mushtaq desceu, mas também desmaiou. Chamamos o resgate, mas nenhuma ajuda chegou. Um outro cristão, Gamma, amarrou um lenço encharcado de água na boca, desceu e trouxe os dois homens, que estavam inconscientes. Ele os levou ao hospital, onde foram declarados mortos”, disse Rashid.

Saqib não era um empregado da empresa. Ele recebia 500 rúpias paquistanesas (menos de 18 reais) por 12 horas de trabalho. Mustaq havia se aposentado alguns meses antes, mas tinha entrado com uma ação pelo restante do salário e uma gratificação, então ainda era chamado para trabalhar todos os dias.

Famílias indenizadas

Rashid conta que eles realizaram protestos, e a administração civil dos esgotos garantiu apoio. Com o acordo, eles se responsabilizaram pelo funeral e também deram 250 mil rúpias (cerca de 8 mil reais). “Agora estamos lutando para que as famílias enlutadas recebam pensão, porque têm filhos pequenos”, diz.

O representante do distrito, Sajan Bhatiya nos contou por telefone que em outros distritos os funcionários têm equipamentos de proteção. “Mas aqui nós não temos. É por isso que muitos acidentes acontecem, mas o governo não mudou seu modo de trabalho”, afirma. Centenas de pessoas morreram enquanto limpavam as sarjetas porque, uma vez que um bloqueio é removido, o gás em dutos subterrâneos penetra no bueiro, ataca o sistema nervoso e causa paralisia.

Dados de 2013 mostram que, apesar de os cristãos paquistaneses representarem apenas 1,5% da população, eles são mais de 80% da força de trabalho em esgotos e limpeza de ruas. Ore pelos cristãos perseguidos do Paquistão.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||