Mianmar: Novo acordo de paz pode beneficiar cristãos

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

26 de novembro de 2016.

 

Recentemente, um policial foi detido por violentar uma menina cristã. “Ainda que seja um pequeno passo, é um sinal encorajador; antes não havia punição legal para esse tipo de crime”

Um novo acordo de paz a pedido de Aung San Suu Kyi poderá ser assinado entre os grupos étnicos armados, em especial aqueles que estão fora do Acordo Nacional de Cessar-Fogo (NCA – Nationwide Ceasefire Agreement). A secretária geral da Liga Nacional pela Democracia pediu que o acordo fosse assinado antes da próxima Conferência de Paz de Panglong, prevista para fevereiro de 2017. 

O povo em Mianmar vive um conflito civil que já dura 60 anos. O país abriga mais de vinte grupos étnicos, entre eles alguns cristãos que têm enfrentado as pressões do governo contra o cristianismo. Recentemente, um policial foi detido por violentar uma menina cristã de 16 anos, no Estado de Shan. Prender um policial birmanês por ter agido contra um cristão já é um grande avanço para a igreja no país. Tanto a menina quanto a família estão sendo auxiliadas pelo secretário da Associação Batista do Estado de Kachin, que irá encaminhá-los nas próximas etapas dos processos judiciais. 

“Ainda que seja um pequeno passo para os cristãos, é um sinal encorajador. Antes não havia punição legal para esse tipo de crime. Isso vai deixar a igreja mais confiante e encorajá-la a buscar a justiça em regiões onde os cristãos normalmente são desprezados e excluídos”, comenta um dos colaboradores da Portas Abertas. 

Pedidos de oração

  • Ore pela jovem cristã de 16 anos que foi violentada, para que seja curada dos traumas e que permaneça firme na fé.
  • Embora Mianmar esteja em notícias positivas nas manchetes internacionais, a situação na igreja no país ainda é delicada. Ore pelos cristãos birmaneses.
  • Peça ao Senhor pelo crescimento contínuo da igreja em Mianmar.
  • Ore por um governo mais justo e menos restritivo às minorias religiosas. 

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||