Líderes religiosos realizam o “exorcismo magno” no México.

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

25 de julho de 2015.

 

No dia 30 de junho, aconteceu um evento extraordinário, na catedral da cidade de San Luis Potosí. Segundo o site de notícias LifeSiteNews, um grupo de bispos católicos realizou um exorcismo de nível nacional. O "exorcismo magno" foi motivado pelo desejo de frear a onda de violência, o avanço do aborto, do tráfico de drogas e do satanismo.

Dennis, analista da Portas Aberta, comenta: "O exorcismo não é algo para se discutir, mas o México é, inegavelmente, um país sujeito a um ciclo de violência extrema. A ascensão de redes transnacionais e gangues violentas, relacionadas com o crime organizado e o tráfico de drogas, criou uma cultura de medo, impunidade e corrupção, especialmente nas regiões do norte, onde a influência dos cultos satânicos e de bruxaria está aumentando e se espalhando”.

Os exorcistas acreditam que, quanto mais a nação ore, mais aumenta a ação dos demônios. Foi por esse motivo que eles vieram de vários lugares e se reuniram para exorcizar os “poderes das trevas”, não de uma só pessoa, mas de todo um país. Segundo o analista, a violência e o medo também alcançam os cristãos e o aumento dos cultos satânicos está assustando a população nesses últimos anos.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||