Líbia: Nenhum lugar é seguro para os cristãos

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

31 de agosto de 2016.

 

Mesmo que haja estabilidade e ordem no país, os cristãos ainda terão que enfrentar os ataques de grupos extremistas que buscam islamizar a Líbia

Nas últimas semanas, as forças armadas líbias, apoiadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) afirmaram ter conquistado novamente o controle da cidade costeira de Sirte, que havia sido dominada pelo Estado Islâmico. As tropas pró-governo também tiveram o apoio do poder aéreo americano, que realizaram ataques a pedido dos governantes da Líbia. A recente vitória militar poderá abrir caminho para estabilidade e a ordem no país.

No entanto, para os cristãos, a luta continua, já que não é apenas o movimento armado que representa a perseguição à igreja. Enquanto houver guerra civil, os cristãos não estarão seguros. A violência vem de todos os lados. Além do Estado Islâmico, há outros grupos militantes defensores do islã e que representam perigo aos seguidores do cristianismo. Há relatos de que esses rebeldes estão rastreando o país para colocar em prática seus planos de islamizar a nação, impondo sua religião e suas leis.

Apesar dos inúmeros desafios e dos perigos que os cristãos enfrentam no dia a dia, a igreja na Líbia permanece de pé, e os cristãos continuam evangelizando e realizando o propósito de Deus, que é resgatar o máximo de vidas possível através da Palavra. Muitos novos convertidos necessitam de líderes para auxiliá-los em sua nova caminhada, mas esse acompanhamento deve ser feito individualmente, já que encontros e reuniões podem levantar suspeitas por parte do governo. O monitoramento é cada vez mais rígido. Ore pelos cristãos líbios perseguidos.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||