Lembre-se dos que estão presos e ore por eles

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

28 de dezembro de 2016.

Durante o ano de 2016, informamos sobre vários cristãos perseguidos que foram presos pela sua fé. Vamos nos lembrar deles em nossas orações de fim de ano e pedir ao Senhor para que sejam libertados.

Aos que já estão de volta às suas famílias, pedimos pela recuperação física e emocional. Aos que permanecem presos, pedimos para que nossas súplicas os alcancem. Que suportem a tudo com a força e a coragem do Espírito Santo.

PRESOS EM 2016

Irã
Maryam Naghash Zargaran voltou à prisão de Evin, em Teerã; o ocorrido causa grande preocupação a todos os familiares e irmãos na fé, já que o estado de saúde dela está cada vez mais delicado.

Ebrahim Firouzi, um cristão iraniano, foi condenado a cinco anos de prisão em Rajai Shahr, no Teerã, considerada umas das piores por seus muitos casos de tortura, abusos e execuções.

Há mais de 70 líderes cristãos presos no Irã, sem contar os demais cristãos que foram condenados por blasfêmia, espionagem, ação contra a segurança nacional, entre outros "crimes".

Coreia do Norte
O cristão norte-coreano Hyeon Soo Lim foi condenado à prisão perpétua na Coreia do Norte.

Argélia
Slimane Bouhafs*, de 49 anos, foi sentenciado a cinco anos de prisão por blasfêmia.

Sudão
Hassan Abduraheem Taour e Kuwa Shamal foram presos novamente sob graves acusações que podem acarretar em vários anos de prisão e até pena de morte.

China
O líder cristão Gu Yuese foi sentenciado a 14 anos de prisão. Além dele, outros envolvidos na manifestação contra a retirada de cruzes na China foram levados à "prisão negra", onde as pessoas sofrem tortura física e mental.

LIBERTOS EM 2016

Irã
Behnam Irani foi libertado após passar seis anos na prisão por causa de sua fé em Cristo.

Yasser, Saheb, Yousef Nadarkhani e sua esposa Tina saíram da prisão. Mas continue orando por eles, pois a justiça iraniana continua com a perseguição.

A notícia foi uma surpresa. Saeed Abedini foi liberto sem aviso prévio da justiça iraniana. A esposa e a família agradecem a todas as pessoas ao redor do mundo que oraram por ele.

Turcomenistão
Umid* é um turcomeno que conheceu a Cristo e ficou tão maravilhado que começou a compartilhar com a vizinhança sobre sua nova fé. Ele foi preso em seguida e passou dois anos e meio longe da família.

Laos
James* é um estudante de 23 anos que ficou preso durante quatro meses.

Uzbequistão
Tohar foi condenado a 10 anos de prisão. Depois de quase 7 anos vivendo em campo de trabalho forçado, o juiz permitiu sua liberdade condicional.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Estes são apenas alguns casos de cristãos perseguidos que foram presos por causa de sua fé. O número de condenados é muito maior. Muitos que já cumpriram pena continuam a ser vigiados pelo governo, correndo o risco de serem presos novamente. Nossos irmãos precisam das nossas orações.

 

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||