“Acredito que Deus me poupou com um propósito”

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

13 de agosto de 2018.

 

Fred é um cristão do Quênia que, apesar de ter nascido em uma família e comunidade que conheciam o evangelho, entregou a vida a Jesus em 2007. A partir desse dia, quanto mais se comprometia com Cristo e a igreja, mais era transformado. Por crescer em um ambiente cristão, não testemunhou perseguição intensa, apenas incômodos dos colegas da escola. Porém, ao concluir o Ensino Médio, foi aprovado na Universidade de Garissa, local já conhecido pelo ambiente hostil para cristãos.

A hostilidade era facilitada já que os cristãos podiam ser identificados pelo uniforme. Fred não se sentia seguro para andar fora do campus, já que era conhecido como pastor. “Eu estava convencido de que se os ‘cristãos normais’ estavam em risco, quanto mais o ‘pastor’. Eu estaria correndo um risco maior ainda”, explica. Essa realidade continuou até 2 de abril de 2015, quando a Universidade foi atacada pelo grupo extremista Al-Shabaab. Nesse dia, Fred testemunhou perseguição extrema. Terroristas começaram a atirar em mais de 20 alunos enquanto eles oravam. “Eu não estava participando das orações naquela manhã. Acordei com os tiros e, quando tentei sair do quarto, vi estudantes sendo atingidos. A única opção era voltar para o quarto”, conta.

Ele se escondeu debaixo da cama. Pouco tempo depois, terroristas entraram no quarto dele e se sentaram na cama em que ele estava escondido. “Pela graça de Deus eles não me viram”, compartilha. Fred disse que enquanto estava debaixo da cama, podia ouvir eles atirando nos alunos e gargalhando como se estivessem realizados. “Eles perguntaram quem era muçulmano para recitar alguns versos do alcorão. Se alguém conseguisse poderia sair dali. Quem não conseguia era morto a tiros”, relembra.

Fred recorda o momento em que foi resgatado. Ele via corpos no chão e o sangue de seus colegas de estudo, pessoas que conhecia pelo nome, pessoas que morreram apenas por serem cristãs. Apesar de não ter sido um momento fácil, ele agradece as orações e apoio recebidos: “Acredito que Deus me poupou com um propósito e meu desejo é viver o que ele tem para mim”. Entendendo a importância de compartilhar aquilo que Deus tem ministrado em sua vida, Fred virá ao Brasil entre os dias 19 de setembro e 8 de outubro. Ele passará por Salvador/SA, João Pessoa/PB e São Paulo/SP. Se você deseja levar Fred à sua igreja, preencha o formulário aqui.

Pedidos de oração

  • Ore por Fred, peça que o Senhor continue o fortalecendo e usando para o crescimento do Reino.
  • Interceda pela vinda de Fred ao Brasil. Peça que Deus use a vida dele e que por meio de seu testemunho vidas sejam tocadas.
  • Apresente a Igreja Perseguida no Quênia, para que Deus continue dando graça e força para enfrentar as perseguições.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||