“A fé vem pelo ouvir”

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

26 de outubro de 2015.

 

Conheça um pouco da história da distribuição de Bíblias e literatura cristã na Ásia Central

Na Ásia Central é muito difícil seguir a Cristo. Há uma série de fontes de perseguição que afetam a igreja, incluindo totalitarismo, extremismo islâmico, e corrupção organizada. Os cristãos são vistos como elementos desestabilizadores da sociedade. Aconteceram vários incidentes em que líderes e membros de igrejas foram presos. A Bíblia e a literatura cristã são vistas como o oxigênio das igrejas. Mas, conseguir uma Bíblia ou outro livro cristão na Ásia Central não é tão fácil. Em um determinado país, que não pode ser identificado por motivos de segurança, apenas 10% da população tem acesso a uma Bíblia. Nesse país, a literatura religiosa é proibida.

Contrabandista na Ásia Central

Alisher*, de 45 anos, é pastor de uma igreja secreta na Ásia Central. Marido de Mariam* e pai de três filhos, ele está ativamente envolvido com a distribuição de literatura nesse país. Recentemente, colaboradores da Portas Abertas juntamente com Alisher saíram em uma viagem de carro por todo o país para distribuir livros para as igrejas secretas de lá. "Uma ou duas vezes por mês eu entrego Bíblias e outros livros para diferentes igrejas", explicou Alisher. “A literatura que eu trago é muito diversificada e abrange temas diferentes. Há livros sobre gestão financeira, sobre o crescimento dos filhos, e alguns sobre teologia. Claro que eu também levo o livro mais importante: a Bíblia."

Neste trabalho de transporte e distribuição de literatura cristã, Alisher já está há cinco anos. Depois de receber livros de um coordenador da Portas Abertas em uma das cidades, ele secretamente oferece esses livros a igrejas em diferentes partes do país. Ele construiu relações com pastores de diferentes denominações, e assim sempre sabe quem precisa do quê. "Alisher é uma pessoa muito importante para nós. Sem a literatura que ele traz, seria extremamente difícil liderar a igreja”, diz Rasoul*, pastor de uma igreja secreta.

“A literatura cristã é uma ferramenta maravilhosa que ajuda a igreja se manter firme e madura. Em média, distribuímos mais de 30 mil livros por ano. Entretanto, sabemos que existem mais de 70 milhões de pessoas na Ásia Central e o número de livros parece ser uma pequena gota em um grande oceano. Nossa esperança ainda é de que, através de cada livro, Deus toque o coração das pessoas que o buscam e também aqueles que nunca ouviram falar do seu nome", diz o coordenador de distribuição de literatura para a Ásia Central, Alexey*.

Com a ajuda de pessoas que estão aqui, como você, e de pessoas que estão lá, como Alisher e Alexey, a Portas Abertas tem conseguido impactar milhares de pessoas na Ásia Central através da Palavra de Deus. Projetos de distribuição de Bíblias e literatura cristã ajudam a igreja na Ásia Central se manter firme na fé, apesar da constante perseguição.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||