Jovens cristãos são expulsos da aldeia onde viviam

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

01 de outubro de 2015.

 

Mei* e Teo* são cristãos que vivem numa província de Laos e que experimentaram a perseguição religiosa na pele. Mei ensinou o Evangelho a cinco jovens que aceitaram a Jesus recentemente. "Devido a isso, eles foram expulsos pelo chefe da aldeia e pelos próprios pais", comenta.

Todo cidadão de Laos possui um livro de registros, com o brasão do país, que é usado pelo governo como forma de controlar a sociedade. "O chefe da aldeia também confiscou seus livros familiares. Isso aconteceu faz um ano, e os livros ainda não foram devolvidos. Muitas vezes eu choro por causa disso, pois me sinto culpado, esses jovens estão sofrendo. Ter o livro familiar confiscado é algo muito sério em nosso país", diz ele.

Atualmente, Mei vive exilado, em uma aldeia que fica seis horas longe de sua casa. "Eu não posso mais voltar para a minha aldeia, porque toda vez que eu apareço lá, alguém chama a polícia. Agora os jovens estão comigo e o pastor que me evangelizou está colaborando até financeiramente. Mas não existe nenhuma igreja aqui, os aldeões não permitem o cristianismo", lamenta o cristão.

Segundo Mei, seus familiares querem muito aceitar Jesus Cristo, mas eles têm medo do que o governo possa fazer com eles. "Hoje, existem dez cristãos na minha aldeia, mas eles não revelam sua identidade. E nós estamos de pé, mesmo sabendo que estamos contra a lei do país, nós não vamos negar que Jesus Cristo é o nosso Salvador", conclui.

Pedidos de Oração

    • Ore por Teo e Mei, para que eles continuem espalhando as boas novas de Cristo, apesar da perseguição em suas aldeias, no sul do Laos.
    • Ore também para que o Senhor os proteja em todo o tempo.
    • Peça a Deus para que os cristãos de Laos recuperem seus livros familiares, e que eles possam ter uma vida normal, estabelecendo legalmente seus comércios, se candidatando a empregos, e matriculando-se em escolas.

*Os nomes foram alterados por questões de segurança.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||