Irã: Pastor Saeed Abedini foi libertado da prisão

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

19 de janeiro de 2016.

 

“Eu disse a eles que na Bíblia somos todos considerados irmãos e irmãs (apesar de raça, cor ou nacionalidade) e partilhamos a dor do outro. Isso vem de nosso Senhor."

A notícia foi repentina e a esposa de Saeed expressou sua alegria e surpresa ao receber a notícia da libertação do marido, agradecendo a todas as pessoas ao redor do mundo que oraram por ele. Além de Saeed Abedini, outros três iranianos também estão livres, Jason Rezaian, Amir Hekmati e Nosratollah Khosravi. Desde setembro de 2012, Saeed estava cumprindo uma sentença que duraria 8 anos, sob a acusação de atentar contra a segurança nacional, devido ao seu envolvimento com o cristianismo. Ele foi interrogado várias vezes pelas autoridades iranianas antes de ser preso, acusado de ter abandonado o islamismo.

Depois de ficar em prisão domiciliar no Irã, ele recebeu várias acusações que não foram explicadas publicamente. O líder cristão chegou a ser enviado para a pior prisão do país, onde se comunicava com a família através de cartas, narrando os piores momentos da reclusão. Saeed, a esposa e os filhos estavam no Irã para trabalhar na construção de um orfanato cristão. Durante seu tempo na prisão, sofreu problemas graves de saúde, abuso físico e verbal e ameaças de morte, recebidas por conta de sua fé em Cristo.

A Portas Abertas acompanha a situação do pastor Saeed desde o início de sua prisão. Em 2014, parceiros da Portas Abertas participaram de uma campanha de cartas para ele e outros cristãos iranianos presos. E isso foi motivo de muita alegria. Saeed conta seu sentimento ao receber as cartas: "Eu compartilhava sobre o carinho das cartas com outros prisioneiros e eles ficaram chocados com o amor e apoio que temos em Jesus. Eu disse a eles que na Bíblia somos todos considerados irmãos e irmãs (apesar de raça, cor ou nacionalidade) e partilhamos a dor do outro. Isso vem de nosso Senhor."

Motivos de oração

• Agradeça a Deus pela libertação de Saeed, mas continue orando por ele e sua família. Que eles encontrem no Senhor a força que precisam para seguir em frente.
• Ore também pelos mais de 70 cristãos que ainda permanecem presos no Irã por causa da sua fé. Alguns estão com problemas de saúde, outros se encontram em locais desconhecidos. 
• Peça ao Senhor que mais cristãos de coragem se levantem nos países onde o evangelho é hostilizado.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||