Intolerância pode se agravar com eleições regionais

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

07 de julho de 2018.

 

A Indonésia teve, no final do mês de junho, eleições regionais que mostrarão a força da influência religiosa. Porém, as eleições mais importantes, sem dúvida, são a presidencial e parlamentar, que serão em abril do próximo ano. A dificuldade se encontra no combate à intolerância, sendo possível identificar diversas atitudes anticristãs.

Uma pesquisa foi realizada nas 34 províncias indonésias abordando questões sobre diferenças religiosas. Os entrevistados deveriam dar respostas às seguintes declarações: cristãos são frequentemente desonestos e egoístas; a Indonésia poderia ser um lugar melhor se não houvesse cristãos no país; cristãos têm o direito de serem eleitos como regente, prefeito ou governador, mesmo em regiões onde muçulmanos são maioria; eu seria contra se houvesse uma igreja sendo construída na minha vizinhança; cristãos devem poder se manifestar em protestos por discriminação contra a religião deles.

Os resultados foram claros e mostraram o nível de tolerância em cada local. De forma geral, Achém foi considerada a mais intolerante e Kalimantan Setentrional a mais tolerante. Já nas províncias de Java, em último lugar ficou Banten, seguida por Jacarta, Java Ocidental, Java Oriental e Jogjacarta. Ore pelas autoridades indonésias, para que não estabeleçam leis que afetem a liberdade dos cristãos. Interceda também pela liderança da igreja, para que tenham estratégias ao compartilhar o evangelho.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||