Indonésia tenta combater o radicalismo religioso

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

29 de março de 2016.

 

A maior organização islâmica do país tenta combater o terrorismo e a perseguição religiosa contra as minorias.

Com o aumento alarmante do extremismo islâmico em todo o mundo, o Ministério de Assuntos Religiosos da Indonésia manifestou a vontade de trabalhar lado a lado com vários grupos, na defesa da liberdade religiosa. Em um seminário sobre a harmonia religiosa e luta contra a radicalização, que aconteceu no dia 22 de fevereiro, em Jacarta, o presidente do Nahdlatul Ulama (NU), conhecido como Aqil Siroj, disse que o papel deles é defender a tolerância religiosa, já que ela é a maior organização islâmica do país, com 40 milhões de membros e lidera um movimento tradicionalista sunita do islã e quer apoiar o governo na luta contra o terrorismo, especialmente após o atentado de janeiro.

"Desde 2014 a organização passou a difundir mensagens de tolerância para conter as ondas de radicalismo que, na maioria das vezes, estão totalmente fora dos ensinamentos islâmicos, que são mal interpretados", explicou o presidente da NU. Na opinião de um dos analistas da Portas Abertas: "Se não existisse este movimento, o radicalismo islâmico teria se espalhado como fogo na Indonésia. Foi Deus quem nos colocou aqui neste país, que tem a maior população muçulmana do mundo e nós precisamos de segurança, pois fazemos parte da minoria".

"Na verdade, a organização tem sido conhecida como uma instituição campeã do pluralismo religioso na Indonésia, que apoia e protege vários grupos minoritários. No entanto, um número crescente de membros tem quebrado as regras e está cedendo ao fundamentalismo islâmico. Se a organização for contaminada por eles, os cristãos indonésios correrão um sério risco de serem atacados violentamente. Precisamos muito de orações para que a NU permaneça fiel ao seu propósito de instalar a harmonia entre as religiões e de combater o radicalismo", finaliza o analista.

Pedidos de oração

  • Ore para que Deus mantenha a harmonia entre os membros da NU, para que eles permaneçam semeando a paz entre as religiões.
  • Peça para que o Senhor não permita que as doutrinas do radicalismo sejam praticadas no país.
  • Ore por todos os cristãos perseguidos da Indonésia para que Deus os proteja e lhes dê estratégias para continuar evangelizando os muçulmanos.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||