Indonésia: Cristãos fortalecidos e preparados para resistir

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de outubro de 2016.

 

Pregar o evangelho aos indonésios é uma missão arriscada; por vezes, alguns cristãos se sentem cansados, mas persistem

A igreja na Indonésia, país que ocupa a 43ª posição na atual Classificação da Perseguição Religiosa, parece não temer os desafios. Nos últimos dois anos, milhares de cristãos tiveram que deixar seus lares por conta de ataques extremistas que afirmaram que não iriam deixar de “caçar cristãos” e que deixariam as igrejas em chamas. Para esses grupos, os cristãos representam os “inimigos de Alá”.

Pregar o evangelho aos indonésios é uma missão arriscada. Por vezes, alguns cristãos se sentem cansados, mas persistem. Aqueles que vieram do islamismo são os mais perseguidos, mesmo assim, eles evangelizam seus amigos e vizinhos, apesar do alto nível de rejeição. Eles sabem que o “caminho é estreito”, mas seguem com alegria espalhando as boas novas de Jesus.

Para ajudá-los, recentemente, foi criado o Seminário de Sensibilização Islâmica e Advocacia Jurídica, que capacitará igrejas indonésias a compreender o islã, suas leis e tudo acerca da liberdade religiosa. Ore para que os eventos de aprendizagem ocorram bem e efetivamente fortaleçam os cristãos indonésios.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||