Índia: Por que naxalitas atacam cristãos?

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

24 de novembro de 2016.

Cristãos indianos são vistos como traidores e informantes da polícia, além de serem acusados de desviar as pessoas da “verdadeira religião”

O governo indiano se refere aos naxalitas ou maoístas como a “maior ameaça à segurança interna do país”. Trata-se de um grupo comunista armado que se baseia nos ensinamentos do chinês Mao Tsé-Tung, que viveu até 1976. Ele priorizava a “vontade revolucionária do povo” fazendo guerra contra o governo. Atualmente, os naxalitas na Índia têm atacado até mesmo o exército do país.

Enquanto militantes lutam pelos direitos dos povos tribais, os cristãos se tornam o alvo deles, porque são vistos como traidores e “informantes da polícia”, daí o motivo de tanta violência e ataques contra a igreja. Um dos principais motivos é que, quando um cristão é interrogado, ele não mente. Outro motivo é que os cristãos se opõem quando os naxalitas tentam recrutar seus jovens.

Existe ainda um fator que atrai a violência contra a comunidade cristã no país, os extremistas hindus estão sempre acusando os cristãos de “desviar as pessoas da verdadeira religião”. O cristianismo, mais uma vez, é não só rejeitado, mas atacado por representar uma ameaça para aqueles que desejam impor suas próprias ideias e conceitos a uma nação. Ore pela igreja na Índia.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||